29 de outubro de 2008

Black-Out!


24 horas sem energia para eu entrar em crise!

Crise de abstinência: Sou movida à internet!

Crise de identidade: Sou praticamente digital!
Crise de risos: Percebi isso nitidamente nessas longas vinte e quatro horas!

Passeei pelos quartos escuros da minha casa, deitei em todas as camas, deitei no chão, cantei, “toquei” violão, falei comigo mesma enquanto apelava para o único aparelho digital que ainda funcionava em minhas mãos: o meu celular! Enlouqueci quando depois de algumas horas de abuso de seus recursos a bateria acabou! Fui pro quintal observar a lua e as poucas estrelas, e meditar no dia estranho que passamos. Imaginem vocês, caiu chuva de granizo em Imperatriz! Um fenômeno climático raríssimo em cidades próximas à linha do Equador! E foi exatamente esse o motivo do black-out: Houve uma pane no fornecimento de energia local após a queda de alguns fios de alta tensão, algumas tantas árvores, alguns tetos! Enfim... O fato é que em meio a tudo isso percebi o quão necessitada sou deste mundinho virtual!

Pensei: Precisaria eu de ajuda psicológica?
Quem sabe, não é?
-Se eu encontrar bons médicos no Google!

Meu Deus! Não pode ser tão grave, há solução pra mim? Por enquanto não sei de nada, só sei que foi assim...

3 comentários:

marizecvieira disse...

"Fui pro quintal observar a lua e as poucas estrelas, e meditar no dia estranho que passamos."

ou seja, esperar os ets kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

"Imaginem vocês, caiu chuva de granizo em Imperatriz!"

nova versão de Guerra dos Mundos??!?!!!
ehauehauehauheauhe

"Meu Deus! Não pode ser tão grave, há solução pra mim? Por enquanto não sei de nada, só sei que foi assim..."

ainda bem que há solução pra tudo... Deus o diga

=]

morar na periferia dá nisso! ainda bem q moro no centro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Luisa disse...

Ei, eu soube dessa chuva de granizo e fiquei morrendo de inveja! Nunca presenciei esse fenômeno. Sabe, falta de luz à noite é muito deprimente, nem dá pra ler um livro! Sem contar que eu morro de medo do escuro...
beeijos

James Pimentel disse...

Nossa príscila.. eu também ja descobri que sou assim :D

Postar um comentário

Metendo o bedelho onde foi chamado.