17 de agosto de 2008

Precisa-se de heróis!

O Brasil tem um novo herói olímpico: César Cielo conquistou a primeira medalha de ouro da história da natação brasileira e o primeiro ouro em Pequim.

Mas até quando? Não foram aclamados também outrora os hoje "motivos de decepção" ginastas do Brasil? E o que falar de Thiago Pereira, o grande nadador para o qual os olhos da nação estavam voltados e que não alcançou êxito nessas olimpíadas?

Nós temos essa mania de levantar e derrubar ídolos sem dó nem piedade.Somos implacáveis nas críticas, agimos como juízes, apontamos o dedo, lançamos nossas expectativas e frustrações com a mesma intensidade.
Por trás de tudo isso há uma mídia cada vez mais sedenta pelo eterno clichê antagônico do bandido e do herói. Explora-se as emoções e as lágrimas, expõe-se as famílias até então desconhecidas. Tudo deve render bons niveis de audiencia e interesse nas massas, no eterno jogo da manipulação midiática.
É tudo um jogo. Mas nem todos ganham medalhas, é bom lembrar!

12 comentários:

Juliana Neves Carvalho Costa disse...

Não é uma fase...é um ciclo!

JunioOoOor disse...

Mas isso é natural do ser humano...

"Ou você morre como herói ou vive o suficiente para tornar-se vilão" - Harvey Dent

HahahahahAhahaha

mas é sério... é desse jeito mesmo

Zero disse...

pois é!
a midia mais do que qualquer outra coisa, é o maior meio de conspiração e efeito!
e ainda, o bom e velho circo!
chega a ser ridiculo, juro que nem acompanho mais a TV...
faço tudo pela internet...
na internet, vc lê mais de uma reportagem de com visões e colocações diferentes, por fim, pode tirar suas próprias conclusões...^^

beijão!

ps.voltei, e pra ficar, agora com posts todas as quintas, pra não mais sumir daki...^^
*;

marizecvieira disse...

"Por trás de tudo isso há uma mídia cada vez mais sedenta pelo eterno clichê antagônico do bandido e do herói."
Insisto: "A civilização atual a tudo confere um ar de semelhança"
A mídia com total poder de manipulação em suas mãos dita as regras. Quem levanta e derruba ídolos sem dó nem piedade é ela, não esses (nós) meros humanos infalíveis em nossa eterna caminhada, em que calados apenas damos passos. Para onde? ainda não se sabe, o que se pode lembrar é apenas aquele velho ditado: "Aonde a vaca vai, o boi vai atrás..."

Tuka blog disse...

não posso concordar marizé, talvez pela minha velha mania de assumir minha parcela de culpa,acho que me incluo nessa, costumo ser implacável algumas vezes e a mídia coitada, não é a responsável por isso, pelo menos não sempre... Acabo me contradizendo aqui, mas é isso, a mídia é a vilã, mas não somos exatamente os mocinhos... XD

marizecvieira disse...

deveria eu ensinar-te a ler nas entrelinhas de meu discurso??? vc tem mesmo que tirar o ar sarcástico de meu comentário??
lá vou eu ter que explicar a que vim aff
haja paciência!
mas vamos lá!
se utilizo do termo civilização, generalizo não é? o que tira esse ar de que a mídia é responsável por tudo é a força da palavra regra que se impõe apenas se analisada. ao utilizar da "regra", quis lembrar-te do simples fato de que "para toda regra há exceção"... ¬¬'

Tukinha disse...

oO'
desculpa meu raciocínio lento, é que minha inteligência está longe de alcançar a sua, c sab disso ^^

XD

marizecvieira disse...

tá eu te perdoou
xDDD

Amanda disse...

A única coisa que dava orgulho pra maioria dos brasileiros (uma vez li que por causa das crises do Brasil, a população se "camuflava" no esporte) se foi, né... Depois do fracasso da copa do mundo, tem essa das olimpíadas. Ai, ai.

Natal Marques disse...

Belo texto... Gostei do seu blog.
Abraço!

• A l i n e x) disse...

Nesse caso, não há como termos heróis nos esportes sem investimento, a Mídia quer sugar, expor, mas nunca investir... O problema é que esses heróis são substituídos com tanta facilidade...

Já sentia saudade daquii :)
Beeijos ;*

Thales Estefani disse...

Pois é minina! Ve se pode!
Thiago Pereira é da minha cidade, conterrâneo meu e do Zero q comentou aí em cima... mó vergonha, nem pra ganhar uma medalinha! hauhauahua
Já faz tempo que num acredito mais em heróis populares. Na verdade sou meu próprio herói todo santo dia quando tenho q me desdobrar pra realizar alguma coisa. Minha mãe também é minha heroína, minha irmã! Herói é o trabalhador do sol q transforma o suor e o sal em sorriso!
BJU!

Postar um comentário

Metendo o bedelho onde foi chamado.