11 de março de 2010

O amor acabou



Lembra daquele amor?
Aquele que tanto falei
Aquele que tanto cuidei
Sabe aquele amor?
Ele acabou.
Partiu sereno, tranqüilo, sem mágoas, sem dor
Restou em mim a certeza de que nada é pra sempre.

1 comentários:

Babi S. disse...

Ah, é! nada é pra sempre.

Postar um comentário

Metendo o bedelho onde foi chamado.