12 de novembro de 2009

Parte I - Arrumamalaê!


Até que enfim eu cometi uma loucura na minha vida. Em menos de 24h e decidi pôr a mochila nas costas e pelo convite de um amigo, resolvi ir à Belém – Pará – Brasil.
- Fazer o que menina? Perguntou mamãe.
- Vou pra um festival de musica independente mãe!
- ã? (...)

Pra minha madrinha, para mesma pergunta respondi apenas: to indo ser feliz! Ela sorriu e ficou satisfeita com a resposta. Ainda bem!
Cheguei em casa por volta das 18:30h, eu tinha menos de 1:30 para arrumar a mala, tomar banho e jantar pra ir pra rodoviária ainda a tempo de comprar as passagens. Bom, já deu pra perceber que uma dessas coisas não rolou né? Pois é, eu fui sem jantar. Barriga roncando, pelo tempo da minha ultima refeição: 12h00minh.
Chegando à rodoviária a má noticia era que o ônibus não iria fazer paradas. Eita! Esqueci meu lençol! Vai ser frio e fome, uma mistura nada bacana... Mas tudo bem, eu agüento!
Mas pense numa viagem sofrida! Eu tremia tanto que não consegui pregar os olhos. Pelo menos foi bem rápida, e meu sofrimento acabou exatamente às 5h da manhã. Chegamos Paulo, acorda!
Pronto! Aqui começa uma outra história que eu prometo contar timtim por timtim!



1 comentários:

Zero disse...

haoihaoiuhaoiuhaiouhaioua

adoroooo coisas assim, são as que dão mais certos...

parece o meu carnaval desse ano!

bju, faça isso mais vezes viu?!

*;

Postar um comentário

Metendo o bedelho onde foi chamado.