17 de novembro de 2009

Eu

Procurei-me em outros rostos
Por lugares caminhei
Pelos gestos, pelos gostos
mas em nada me encontrei
Percebi que há muito tempo
minha vida abandonei
Quis viver para um outro
Sem pensar eu me joguei
Então saí, vagando sem destino
Por estradas me perdi
Continuo à procura de mim

3 comentários:

Luisa Pinheiro disse...

Nossa, Tuka, esses dias você anda tão poetisa! hahaha. Espero que mesmo depois de um bom tempo estudando jornalismo (e aquela coisa de TEXTO OBJETIVO, SECO, blábláblá que meus professores sempre falam), ainda me reste um pouco de lirismo! Se é que eu tenho algum, enfim.
beijos!

James Pimentel disse...

kk eu tbm ando me procurando :D
Tuka, vê um template pra mim???

Lady disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Metendo o bedelho onde foi chamado.